5 a 13 de Abril - Cordoaria Nacional

A Associação Portuguesa dos Antiquários (APA) promove a partir de 5 e até 13 de Abril, a terceira edição da Feira de Arte e Antiguidades de Lisboa na Cordoaria Nacional, em Lisboa. Este evento único no calendário cultural lisboeta, reúne antiquários, galerias de arte e design com peças peritadas por especialistas. Ao colocar peças com séculos de história ao lado de instalações, esculturas e pinturas contemporâneas, o evento pretende proporcionar uma experiência mais completa e chegar a um público mais jovem.

A edição deste ano, que à semelhança das edições anteriores conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República, irá proporcionar aos visitantes outras experiências culturais paralelas ao certame, através de uma programação cultural que inclui provas de vinho diárias com enólogos da empresa João Portugal Ramos, um restaurante de autor comandado pelo chef Francisco Amado e a presença de grupos musicais que preencherão a Cordoaria Nacional de Lisboa com Blues, Indie e outros estilos musicais.

Para os amantes de arte e antiguidades, igualmente apreciadores de vinhos, haverá entre os dias 6 e 12 de Abril, das 19h às 20h, provas de vinho gratuitas orientadas por enólogos da empresa João Portugal Ramos. Em prova estarão vinhos das cinco regiões onde o grupo está presente, designadamente Alentejo, Tejo, Beiras, Douro e Vinho Verde. O Chef Francisco Amado vai tornar esta edição da Feira de Arte e Antiguidades de Lisboa num local de experiências gastronómicas únicas quer no restaurante, quer no bar criados para que o melhor do passado e do presente possa ser saboreado com excelência. No que diz respeito à música, o cocktail de abertura contará dia 4 de Abril, pelas 19h00, com a presença do DJ “Quem és tu, Laura Santos?” que inaugurará o ciclo musical. No dia 7 de Abril, a banda de Blues “Nobody's Bizness” promete energizar o primeiro dia da semana desta prestigiada mostra anual, interpretando lendas dos blues como Robert Johnson, Tampa Red, Ida Cox, Alberta Hunter, Bessie Smith, Willie Dixon, Skip James ou Muddy Waters bem como os seus arranjos pessoais. Na quarta-feira, dia 9 de Abril, é a vez do duo “Minta & Tape Junk” darem vida ao certame com Minta, de nome próprio Francisca Cortesão (é também conhecida por acompanhar David Fonseca ao vivo) e Tape Junk (aqui na pessoa do João Correia).

Na última sexta-feira, dia 11 de Abril, o cantautor Pedro Lucas encerra este ciclo musical. Todos os concertos estão agendados às 19h00.

Integrando roteiros internacionais, a Feira de Arte e Antiguidades de Lisboa, promovida pela APA e com o Patrocínio do Banco BPI e da Seguradora AXA, é o único encontro nacional organizado com o rigor e a qualidade de uma auditoria, realizada por uma comissão de peritos especialistas em diversas áreas, que observam e analisam criteriosamente a justeza da descrição dos objectos expostos em termos de veracidade, qualidade, época e proveniência. O mercado nacional de arte e antiguidades apresenta-se actualmente como um investimento alternativo seguro e atractivo, considerando que uma peça de arte tem um período de valorização longo para se tornar rentável.

A APA já realizou nove bienais no edifício da Cordoaria Nacional de Lisboa, e duas feiras anuais, realizando a 3.ª edição da Feira de Arte e Antiguidades de Lisboa de 5 a 13 de Abril.